especialidades

Periodontia

Periodontia é a especialidade da Odontologia que previne e trata das doenças dos tecidos de proteção e sustentação do dente, ou seja, da gengiva, ossos e ligamentos que circundam os dentes. Dependendo da gravidade do problema periodontal, ele pode ser classificado como uma gengivite ou periodontite.

GENGIVITE:
É uma inflamação gengival devido à presença de placa bacteriana que se forma ao redor dos dentes e da gengiva. É de fácil tratamento. Normalmente com uma visita ao dentista para profilaxia, uma correta escovação e uso do fio dental, a doença regride, uma vez que o osso e o tecido conjuntivo que sustentam os dentes ainda não foram atingidos. Os principais sinais são o sangramento após a escovação ou o uso do fio dental e a gengiva levemente inchada ou avermelhada. Se não for tratada uma gengivite pode evoluir para uma periodontite.

PERIODONTITE:
É a doença periodontal que atinge os tecidos de sustentação dos dentes. Nessa doença, o osso vai sendo reabsorvido devido à infecção. A gengiva “descola” dos dentes, formando a chamada bolsa periodontal. Neste estágio, por se tratar de algo mais grave, consultar o dentista é importantíssimo, pois se não tratada a tempo, a doença pode causar a perda dos dentes.

A CAUSA:
A principal causa da doença periodontal é placa bacteriana, que é um acúmulo de bactérias vivas e de resíduos de alimentos que se depositam sobre os dentes quando não é realizada uma correta higienização bucal. Entretanto existem outros fatores que podem agravar a doença, como fumo, stress, alguns medicamentos, mudanças hormonais como no caso das mulheres durante a gravidez, diabetes e outras doenças que afetam o sistema de defesa do organismo.

OS SINAIS:
Quem tem doença periodontal dificilmente sente dor. Os principais sinais são: sangramento ao escovar os dentes e ao passar o fio dental, gengivas vermelhas e/ou inchadas, dentes amolecendo ou mudando de posição, mau hálito constante ou gosto ruim na boca.

O TRATAMENTO:
Inicialmente o tratamento deve ser feito pelo dentista. No caso da gengivite, a profilaxia (limpeza),a escovação e o uso do fio dental regulares regridem a doença. No caso da periodontite, deverá ser feito um tratamento mais profundo como a raspagem e, em alguns casos, dependendo da gravidade, poderá ser necessário tratamento cirúrgico. Deverá haver um controle rigoroso, tanto pelo dentista, quanto pelo paciente através da escovação e uso do fio dental.